Campanha Sísmica na Zona Económica Exclusiva de São Tomé e Príncipe

Classifique este item
(0 votos)

No quadro dos compromissos contratuais estabelecidos entre a Agência Nacional do Petróleo de São Tomé e Príncipe e as empresas Kosmos Energy, Galp Energia e Equator Explortation STP Block 5, Ltd, os trabalhos de aquisição sísmica 3D, abrangendo os blocos 5, 6, 11 e 12 da Zona Económica Exclusiva (ZEE) de São Tomé e Príncipe, que tiveram o seu início no dia 21 de Janeiro do corrente ano, chegaram ao fim no passado dia 23 de Agosto.

Os trabalhos de aquisição sísmica 3D foram realizados pela empresa CGG Services S.A. e cobriu uma área de 16.073 Km2.

O objetivo principal desta campanha sísmica consiste na identificação e delimitação de estruturas geológicas (prospetos) que podem ser mapeadas e perfuradas e que têm potencial para se constituir uma acumulação comercial de hidrocarbonetos.

Segundo a Empresa Kosmos Energy, os resultados iniciais corresponderam às expetativas.

Os passos seguintes consistem no processamento e interpretação dos dados sísmicos adquiridos, que deverão estar concluídos até finais de 2019. Se os resultados forem favoráveis, as empresas petrolíferas poderão decidir pela perfuração dos primeiros poços de exploração petrolífera na ZEE ainda em 2019. Esta perfuração de poços de exploração terá como objetivo a descoberta de petróleo e a determinação da sua viabilidade económica.

O montante total investido até então pelo consórcio, neste projecto, ronda os 40 milhões de USD, partilhados entre a Kosmos Energy, operadora dos Blocos 5, 11 e 12; a Galp Energia (operadora do bloco 6) e a Equator Exploration STP Block 5, Ltd.  

Simultaneamente com os trabalhos de aquisição sísmica, uma equipa de especialistas fez a monitorização da fauna marinha que circundava a área de operação do navio sísmico, cumprindo assim uma das recomendações do estudo de impacto ambiental aprovado para o efeito.

Neste momento a empresa CGG efetua trabalhos de aquisição sísmica 3D no bloco 3 da ZEE de São Tomé e Príncipe, sob contrato firmado com a empresa Oranto Petroleum Ltd, operadora do referido bloco.

Área de aquisição

 sismica2

Fonte: Relatório Mensal de Operações, 08/2017 

 

Ler 107 vezes Modificado em quinta, 21 setembro 2017 20:25

Deixe um comentário

Certifique-se que coloca as informações (*) requerido onde indicado. Código HTML não é permitido.